Coxas‎ > ‎

A cirurgia plastica da coxa

 Cirurgia Plástica Porto
 VOCÊ MAIS QUE ESPECIAL
A porto da plástica é uma empresa especializada em cirurgia plástica e tratamentos estéticos. Contamos com os melhores profissionais para melhor atendê-los.
  LIGUE AGORA !
11 5081-3327
11 5084-0663
 ATENDIMENTO
segunda á sexta: 9h ás 18h
Sábado 9h ás 13h
                              
 Email: cirurgiaplasticaporto@gmail.com RUA MONTE SERRAT, 906 - TATUAPÉ
SÃO PAULO - CEP : 03312-001
 MARQUE SUA AVALIAÇÃO  FALE CONOSCO

Bem Vindo ao maior Portal de Cirurgia Plástica do Brasil, A Cirurgia Plástica Porto é uma especialização da Porto da Plástica que é uma empresa especializada em cirurgia plástica e tratamentos estéticos, aqui você encontrara o melhor em cirurgia plástica e estética de São Paulo e do Brasil.
 
Aqui Você Encontra o que á de Melhor da Cirurgia Plástica de São Paulo e do Brasil.

COXAS

Nome técnico: Dermolipectomia de Coxas.
Parte do corpo: Face interna das coxas.
Anestesia: Peridural.
Duração da cirurgia: Em média 2 horas.
Pré-operatório: Exames de laboratórios.
Pós-operatório: Curativo de contenção (ou uma vestimenta elástica tipo meia-calça) é colocado e mantido durante alguns dias.
Tempo de recuperação: Duas semanas.

Cirurgia Plástica Porto






Lifting Crural Cirurgias e Procedimentos - Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

O lifting de coxa remodela as coxas, reduzindo o excesso de pele e, em alguns casos, a gordura, resultando em uma pele mais lisa e contornos mais proporcionais das coxas e dos membros inferiores.

Beleza para a vida 

Se o exercício físico e a perda de peso não foram suficientes para que você alcançasse seus objetivos de ter um corpo mais firme, mais jovem e mais proporcional à sua imagem corporal, o lifting de coxa pode ser uma boa opção para você.

Esta cirurgia remodela as coxas, reduzindo o excesso de pele e, em alguns casos, a gordura, resultando em uma pele mais lisa e contornos mais proporcionais das coxas e dos membros inferiores.

É indicado para mim? 

De modo geral, candidatos ao lifting de coxa são:
• Indivíduos cujo peso é relativamente estável,
• Indivíduos com flacidez ao longo da região interna ou medial da coxa e/ou coxa exterior,
• Indivíduos saudáveis sem patologia que possa prejudicar a cicatrização ou aumentar o risco da cirurgia,
• Não fumantes,
• Indivíduos com atitude positiva e expectativa realista do resultado cirúrgico,
• Indivíduos empenhados em levar uma vida saudável, incluindo alimentação adequada e boa forma.

O que não acontecerá 

O lifting de coxa não tem o propósito exclusivo de remoção do excesso de gordura. A lipoaspiração remove o excesso de depósitos de gordura, onde a pele tem boa elasticidade e é capaz de, naturalmente, estar em conformidade com o novo contorno do corpo. Nos casos em que a elasticidade da pele é precária, uma combinação de técnicas de lipoaspiração e de lifting de coxa pode ser recomendada.

O que saber antes de se submeter à cirurgia de lifting de coxa 

O sucesso e a segurança do procedimento cirúrgico dependem muito de sua sinceridade durante a consulta. Você será questionado sobre sua saúde, desejos e estilo de vida.

Esteja preparado para discutir 

• A razão pela qual quer fazer a cirurgia, suas expectativas e o resultado desejado,
• As opções disponíveis na cirurgia de lifting de coxa,
• As condições médicas, alergia medicamentosa e tratamento médico,
• Uso atual de medicamento, vitamina, medicamentos naturais, fumo, álcool e drogas,
• Cirurgias prévias.

O cirurgião também poderá 

• Avaliar o seu estado geral de saúde e todas as condições pré-existentes de saúde ou fatores de risco,
• Examinar e medir o seu corpo, incluindo medições detalhadas,
• Fotografar para prontuário médico,
• Discutir as opções e recomendar a mais adequada, 
• Discutir possíveis resultados da cirurgia e quaisquer riscos ou complicações potenciais.

Preparando-se para a cirurgia 

Previamente à cirurgia, pode ser necessário:
• Fazer exames de laboratório ou avaliação médica,
• Tomar certos medicamentos ou ajustar seus medicamentos atuais,
• Parar de fumar com bastante antecedência à cirurgia,
• Evitar tomar aspirina, antiinflamatórios e medicamentos naturais, pois podem aumentar o sangramento.

Instruções especiais 

• O que fazer no dia da cirurgia (tempo de jejum, medicamentos, banho), 
• Informações sobre o tipo de anestesia a ser realizada durante o procedimento cirúrgico,
• Orientações sobre os cuidados pós-operatórios.

O procedimento deve ser realizado em local seguro e confortável para o médico e o paciente, em centro cirúrgico autorizado pela Vigilância Sanitária, com equipamentos e equipe treinada para qualquer intercorrência.

Você precisará de ajuda 

Não deixe de pedir a alguém que o acompanhe e que fique com você, pelo menos, a primeira noite, após a cirurgia.

Procedimento Cirúrgico 

Etapa 1 – Anestesia
Medicamentos são administrados para seu conforto durante o procedimento cirúrgico. As opções incluem sedação intravenosa e anestesia geral. Seu médico irá recomendar a melhor opção para você.

Etapa 2 – Incisão
Padrões de incisão variam de acordo com a área ou áreas a serem tratadas, grau de correção e preferência do paciente e do cirurgião. Uma técnica comum usada em cirurgia de lifting de coxa faz as incisões na virilha, estendendo-se para baixo em torno da parte posterior da coxa. A matriz de tecido conjuntivo subjacente será remodelada e esticada, e a pele será reduzida e acomodada, resultando em contornos do corpo mais proporcionais e suaves. Talvez seu caso possa ser realizado com uma incisão mínima na parte medial da coxa, o que envolve uma incisão somente na região da virilha. O seu cirurgião irá determinar o que é apropriado a você.

Etapa 2 – Incisão
Padrões de incisão variam de acordo com a área ou áreas a serem tratadas, grau de correção e preferência do paciente e do cirurgião. Uma técnica comum usada em cirurgia de lifting de coxa faz as incisões na virilha, estendendo-se para baixo em torno da parte posterior da coxa. A matriz de tecido conjuntivo subjacente será remodelada e esticada, e a pele será reduzida e acomodada, resultando em contornos do corpo mais proporcionais e suaves. Talvez seu caso possa ser realizado com uma incisão mínima na parte medial da coxa, o que envolve uma incisão somente na região da virilha. O seu cirurgião irá determinar o que é apropriado a você.

Lifting de Coxa Medial
Melhorar os contornos da parte externa da coxa pode requerer uma incisão que se estende desde a virilha, em torno do quadril. Através destas incisões, o cirurgião plástico vai firmar os tecidos para que se tenha contorno corporal mais suave e tonificado. Técnicas avançadas geralmente permitem que as incisões sejam feitas em locais estratégicos, onde possam ser escondidas pela maioria dos tipos de roupa e roupa de banho. No entanto, as incisões podem ser extensas.

Lifting de Coxa Externa
Etapa 3 – Fechando as incisões
Suturas profundas de sustentação no interior dos tecidos subjacentes ajudam a formar os contornos recém modelados. As suturas fecham as incisões na pele.

Etapa 4 – Resultados
Contornos mais suaves e tonificados resultantes do lifting de coxa são visíveis quase que imediatamente, apesar de inicialmente obscurecidos pelo inchaço e por hematomas. Talvez, seja necessário usar uma malha de compressão por várias semanas após o procedimento para minimizar o inchaço e sustentar os tecidos à medida que cicatrizam. Com o lifting de coxa, a qualidade da pele melhora drasticamente na aparência.

Riscos e informações de segurança 

A decisão de se submeter à cirurgia é pessoal e é você quem deve decidir se os benefícios atingirão seus objetivos e se os riscos e potenciais complicações são aceitáveis.

Você deverá assinar o termo de consentimento para assegurar que compreendeu plenamente o procedimento ao qual vai se submeter e quaisquer riscos ou complicações potenciais.

Possíveis riscos da cirurgia 

• Cicatrizes desfavoráveis, 
• Sangramento (hematoma),
• Infecção,
• Acúmulo de líquido (seroma),
• Riscos anestésicos,
• Má cicatrização,
• Necrose de pele,
• Dormência ou demais alterações de sensibilidade na pele,
• Despigmentação da pele e/ou inchaço prolongado,
• Assimetria,
• Deiscência (reabertura de uma ferida previamente fechada),
• Flacidez residual da pele,
• Dor, que pode perdurar,
• Trombose venosa profunda, complicações cardíacas e pulmonares,
• Inchaço persistente nas pernas,
• Possibilidade de novo procedimento cirúrgico.

Ao receber alta 

Se você sentir falta de ar, dores no peito ou batimentos cardíacos anormais, procure atendimento médico imediatamente. Se algumas destas complicações ocorrerem, você pode precisar de internação e de tratamento adicional.

A prática da medicina e da cirurgia não é uma ciência exata. Apesar de serem esperados bons resultados, não há garantia. Em algumas situações, pode não ser possível atingir os melhores resultados com um único procedimento cirúrgico, sendo necessária uma nova cirurgia.

Seja cuidadoso 

Seguir as recomendações do seu médico é fundamental para o sucesso da cirurgia. É importante que as incisões cirúrgicas não sejam submetidas à força excessiva, à escoriação, ou ao movimento durante o tempo de cicatrização.

Faça perguntas 

É muito importante perguntar ao cirurgião plástico sobre o procedimento ao qual será submetido. É natural que sinta um pouco de ansiedade, seja expectativa com a nova aparência ou estresse pré-operatório. Não tenha vergonha de discutir estes sentimentos com o seu cirurgião.

Recuperação pós-operatória 

Após a cirurgia, curativos ou bandagens podem ser aplicados sobre as incisões e você pode ser envolto em uma bandagem elástica ou compressão para minimizar o inchaço e sustentar os novos contornos à medida que cicatrizam. Um dreno pode ser temporariamente colocado sob a pele para drenar qualquer excesso de sangue e de fluido que possam acumular.

Serão dadas instruções especiais, incluindo 

Como cuidar da ferida operatória e dos drenos, medicamentos para tomar por via oral para ajudar a reduzir o potencial de infecção, cuidados específicos com o local da cirurgia, com o seu estado de saúde, e acompanhamento pós-operatório com seu cirurgião plástico.

Pergunte ao cirurgião plástico sobre a recuperação 

• Onde vou permanecer em recuperação após a cirurgia?
• Qual medicação me será dada ou prescrita após a cirurgia?
• Será necessário curativo/bandagem após a cirurgia? Quando será removido?
• Os pontos serão removidos? Quando?
• Quando poderei retomar minhas atividades normais e exercício físico?
• Quando será a consulta de retorno?

Resultados 

Os resultados da cirurgia de lifting de coxa são visíveis quase imediatamente. No entanto, pode levar vários meses para os resultados finais do procedimento aparecerem completamente. As cicatrizes permanecerão, mas os resultados podem ser duradouros se você mantiver peso estável e boa forma, e dependem, também, do seu tipo de pele e de características hereditárias. Como o corpo envelhece, é natural perder certa firmeza com o passar do tempo.

Qual o custo da cirurgia? 

O custo é sempre uma consideração em cirurgia eletiva. Os honorários de um cirurgião podem variar com base em sua experiência e tipo de procedimento realizado.

O custo pode incluir 

• Honorários do cirurgião,
• Custos do hospital ou centro cirúrgico,
• Honorários do anestesista,
• Medicamentos prescritos,
• Pós-operatório e malhas,
• Exames médicos.

Sua satisfação vale mais que os custos da cirurgia 

Ao escolher um cirurgião plástico para realizar a cirurgia, lembre-se de que a experiência do cirurgião e seu bom relacionamento com ele são tão importantes quanto o custo final da cirurgia.

Glossário 

• Anestesia geral: Drogas e/ou gases utilizados durante a cirurgia para aliviar a dor e diminuir a consciência.
• Hematoma: Acúmulo de sangue abaixo da pele.
• Sedação intravenosa: Sedativos administrados por injeção na veia para ajudar a relaxar.
• Lipoaspiração: Procedimento que aspira gordura por debaixo da superfície da pele.
• Anestesia local: Droga injetada diretamente no local de uma incisão durante a cirurgia para aliviar a dor.
• Lifting de coxa medial: Procedimento cirúrgico para corrigir a flacidez da parte interna da coxa.
• Lifting de coxa externa: Procedimento cirúrgico para corrigir a flacidez da parte externa da coxa.
• Suturas: Pontos utilizados pelos cirurgiões para manter a pele e o tecido unidos.

Dermolipectomia da Coxa

Informações relevantes sobre cirurgia plastica das coxas, dermolipectomia das coxas, lipoaspiração das coxas, cicaitrzes, recuperação, resultados, tudo sobre o assunto.

Indicação: 
Após grandes emagrecimentos ou alternância de períodos de ganho e perda de peso, é comum que ocorra um abaulamento flácido da porção interna das coxas. Isto se deve ao excesso de pele formado pelo estiramento desta durante o período de sobrepeso. Devido ser a pele interna da coxa relativamente fina, ela não contrai o suficiente após a perda ponderal, acarretando o excesso de pele local. A dermolipectomia de coxas visa retirar o excesso de pele, proporcionando um contorno da coxa mais natural e menos flácido.

Dermolipectomia da Coxa

Tipo de anestesia: 
A anestesia pode ser a peridural ou a geral.

Técnica Cirúrgica – Ilustrações
Dermolipectomia da Coxa
Clique na imagem e veja mais.

Tempo de internação: 
Geralmente entre 24 e 48horas, dependendo da recuperação e da orientação do médico.

Pós-operatório:
O paciente deve evitar o excesso de movimentos, principalmente abrir muito as pernas, visto que a cicatriz se encontra próximo à virilha e será forçada nestes casos. A tração natural exercida na cicatriz pelo andar e pela gravidade leva comumente a cicatriz a apresentar um alargamento nos primeiros meses. Quanto menor for a tração sobre a cicatriz, menor será o seu alargamento.

Complicações: 
Entre as infreqüentes complicações da dermolipectomia de coxas, porém possíveis, podem ser citados: hematoma, seroma, infecção, necrose (sofrimento da pele), deiscência (abertura da sutura), quelóide, trombose, embolia e problemas anestésicos.
Por serem as complicações mais freqüentes em paciente fumantes, estes devem se abster do cigarro por um mês antes da cirurgia, para minimizar os riscos. No caso de uso de anticoncepcional oral ou injetável, deve-se suspender o uso 1 mês antes da cirurgia, período no qual outro método anticoncepcional deve ser adotado.

Dermolipectomia da Coxa

Resultado definitivo:
O resultado definitivo da dermolipectomia é atingido após 6 meses da cirurgia, período necessário para a acomodação dos tecidos e amadurecimento da cicatriz.

Dermolipectomia Coxas

Se você está considerando reduzir a flacidez das coxas a DEMOLIPECTOMIA DE COXAS visa a remoção do excesso dermogorduroso das coxas, reduzindo, assim, a flacidez resultante de emagrecimento acentuado. Muito freqüente na atualidade como cirurgia complementar à gastroplastia, cirurgia realizada em pacientes com obesidade mórbida.

A forma da ressecção e o posicionamento das cicatrizes resultantes dessa cirurgia dependem da avaliação de cada caso individualmente. Casos mais leves de flacidez das coxas podem ser tratados com uma abordagem apenas através de incisão na virilha.

Em alguns casos poderá haver necessidade de uma incisão longitudinal complementar, para maior ressecção circunferencial. O sofrimento por que passam pacientes com esse problema é tão grande que as cicatrizes representam um pequeno ônus, face ao benefício obtido pela cirurgia.

QUANDO ESTÁ INDICADA?

Se você não se sente à vontade em vestir uma saia curta ou short, em virtude do aspecto das suas coxas, então talvez deva considerar a possibilidade de melhorar esse visual com este procedimento cirúrgico. 

A dermolipectomia das coxas pode promover um contorno mais definido das suas coxas, reduzindo a flacidez imposta pelo emagrecimento ou pela remoção do excesso de gordura através da lipoaspiração.

A dermolipectomia de coxas pode melhorar bastante seu contorno corporal, aumentando sua auto-estima e sua auto-imagem corporal. É essencial que você discuta suas expectativas de forma bastante clara e esclareça todas as suas dúvidas durante sua consulta inicial.

PLANEJANDO SUA CIRURGIA:

Em sua consulta inicial serão avaliados seu estado de saúde, antecedentes médicos e familiares, assim como as condições de seus membros inferiores, com relação à gordura, tônus da pele, presença de cicatrizes ou varizes, musculatura e outros dados.

É importante informar sobre uso de cigarros, medicamentos, vitaminas e outras drogas. A lipoescultura também poderá ser uma opção complementar à dermolipectomia das coxas.
Assim, você terá a melhor proposta individualizada para atender suas expectativas quanto ao melhor contorno corporal para você.

A CIRURGIA:

A anestesia poderá ser geral ou peridural. A sedação pré-anestésica poderá lhe dar mais conforto e você acordará apenas quando retornar ao seu quarto.

Inicia-se a cirurgia pela incisão ao longo da marcação prévia feita em suas coxas, próximo à virilha. O descolamento do retalho dermogorduroso é realizado apenas na extensão de pele e gordura a serem removidos.

Caso tenha sido avaliada necessária a redução circunferencial das coxas, então uma incisão longitudinal, na face interna da coxa, também será realizada, permitindo a ressecção de pele e gordura na extensão da coxa. O excesso de pele é ressecado, as incisões cirúrgicas são suturadas e drenos poderão ser colocados, se necessário.


RECOMENDAÇÕES PRÉ-OPERATÓRIAS:

Você será informada em detalhes sobre como se preparar para a cirurgia, inclusive sobre tempo de jejum, interrupção de uso de medicamentos ou vitaminas e outras drogas. Parar de fumar pelo menos duas semanas antes e até duas semanas após a cirurgia é essencial para reduzir riscos de complicações.

Evitar exposição ao sol, em particular na área operada, e não seguir dieta rigorosa no período imediatamente anterior à cirurgia, pois a carência nutricional poderá prejudicar sua cicatrização.
Na eventualidade de você contrair gripe, resfriado ou outra infecção antes da cirurgia, ela deverá ser adiada até a sua total recuperação.

RECOMENDAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS:

A alta hospitalar será dada no dia seguinte à cirurgia. Você será orientada quanto aos curativos e banhos e deverá seguir a medicação conforme a prescrição.

Os medicamentos que lhe foram prescritos para tomar após a cirurgia devem controlar bem o desconforto e dor que são normais de sentir, principalmente nos primeiros dias.

Você deverá andar logo no primeiro dia após a cirurgia, embora não deva permanecer nunca sentada em posição de Lótus, para reduzir a tensão na cicatriz.

Você poderá voltar a dirigir seu automóvel e retornar ao trabalho após 15 dias, se não houver qualquer contratempo e se seu trabalho não demandar grande esforço físico.

As atividades físicas serão retomadas paulatinamente, seguindo cronograma previamente estabelecido.

SEU NOVO VISUAL:

A dermolipectomia das coxas permite uma melhora radical no contorno corporal de quem apresenta flacidez ou excesso de pele e gordura. Os bons resultados são duradouros, especialmente se você mantiver cuidados como a prática regular de exercícios físicos e dieta equilibrada.

Nossas Especialidades em Cirurgia Plástica
A Cirurgia Plástica Porto, é uma especialização da Porto da Plástica que é especializada em Cirurgia Plástica e Estética.
A cirurgia plástica se desenvolve sob duas facetas: a cirurgia plástica reparadora e a cirurgia plástica estética. 
A cirurgia plástica reparadora tem como objetivo corrigir lesões deformantes, defeitos congênitos ou adquiridos. É considerada tão necessária quanto qualquer outra intervenção cirúrgica.
A cirurgia plástica tem por objetivo a reconstituição de uma parte do corpo humano por razões médicas ou estéticas.
A cirurgia plástica estética é aquela realizada pelo paciente com o objetivo de realizar melhoras à sua aparência. A pessoa quando se submete a tal intervenção cirúrgica não a faz com intenção ou propósito de obter alguma melhora em seu estado de saúde, mas sim para melhorar algum aspecto físico que não lhe agrada, ou seja, corrigir uma deformidade que ela adquiriu ao nascimento por exemplo, como uma orelha proeminente ou em abano, outro caso como uma mama flácida que pode lhe dificultar um relacionamento afetivo. Situações que não lhe causam prejuízo da ordem funcional, mas sim de ordem psicológica. Atualmente, as duas cirurgias plasticas estéticas mais realizadas no Brasil são a lipoaspiração e o implante de prótese de silicone nos seios.
Em qualquer cirurgia plástica, pretende-se que a zona afetada mantenha o seu funcionamento e, na medida do possível, um aspecto natural; há também cirurgias em que o objetivo é não a aparência natural, mas de formas temáticas, como os famosos casos.
A Porto da Plástica foi criada com o objetivo de levar a cirurgia plástica ao alcance de todos.
O padrão de qualidade Porto da Plástica cresce e evolui cada vez mais graças à vocês, pois já foram atendidas milhares de pacientes, todas com sucesso e extrema satisfação.
É por isso que trabalhamos sempre com os melhores profissionais para que possamos continuar a oferecer serviços de altíssima qualidade.
As cirurgias são realizadas em Hospitais especializados de alto nível.
Os médicos são membros da sociedade brasileira de cirurgia plástica.
O atendimento com o seu consultor é personalizado e único, proporcionando uma relação agradável entre paciente e médico, em um ambiente muito confortável e tranquilo.
Consulte formas de parcelamento com cartão ou cheque.
A Porto da Plástica existe há 8 anos, para você que pensa em melhorar o seu visual, autoestima e corrigir pequenos detalhes em seu corpo que incomodam.
Somos uma empresa diferente na grande procura em cirurgia plástica e especializada neste segmento.
Aqui você terá um atendimento diferenciado, compare custo x benefício.
Segundo pesquisas, o Brasil é a segunda procura mundial em realizações de cirurgias plásticas e com base nestas estatísticas a Porto da Plástica só trabalha com excelentes médicos e todos membros da sociedade brasileira de cirurgia plástica, com Hospital de alto nível, visando sempre a qualidade e ebm estar dos nossos pacientes. 
Marcando sua avaliação sem compromisso com o médico, você passará por um consultor comercial, que fará simulações de planos de parcelamento com cartão ou cheque se for o caso.